2 de maio de 2012

Resumo do livro Inocência de Visconde de Taunay

Inocência


       


        A obra “Inocência” de Visconde de Taunay é considerada o melhor romance sertanejo do Romantismo.
         Nesta obra, Visconde de Taunay descreve o amor impossível de Cirino e Inocência, no qual despertaram um amor incondicional desde o primeiro encontro.
           Inocência era uma pobre moça que vivia isolada em seu quarto por autoritarismo e conservadorismo do pai, o senhor Pereira, que já havia dado a mão da filha em casamento para o capataz Manecão. Porém, Cirino, um médico desconhecido havia se hospedado na casa do senhor Pereira para curar Inocência que há dias estava doente de febre acabou se apaixonando por ela.
       Com o passar do tempo esse amor foi se fortalecendo. Entretanto, Inocência era uma moça comprometida, pois estava prestes a se casar com Manecão. A única solução para esse problema era falar com o padrinho de Inocência, Antônio Cesário, em prol de desatar o compromisso da afilhada, uma vez que o seu padrinho devia favores ao compadre Pereira, pai de Inocência, e faria de tudo o que lhe pedisse.
             Cirino não aguentava mais esperar e foi de encontro à casa de Cesário. Neste mesmo dia Manecão foi visitar Inocência na casa de seu pai, chegando lá Inocência disse-lhe que não o amava e não se casaria com ele, pois amava outro homem, este se chamava Cirino. Pereira indignado com a traição de ambos (Inocência e Cirino) atira a filha no chão que bate a cabeça na parede e mais tarde vem a falecer por consequência da pancada e principalmente por solidão. Já Cirino acabou sendo morto por Manecão com um tiro na cabeça.


Biografia do autor



         Alfredo d’Escragnolle Taunay nasceu no Rio de Janeiro, em 1843. E faleceu, na mesma cidade, em 1898. Filho de família aristocrática francesa teve uma educação de bom nível no Colégio Pedro II. Entrou em seguida na Escola Militar, e, como segundo- tenente participou da Expedição de Mato Grosso (1865-1868), início da Guerra do Paraguai, da qual, aliais, tirou matéria para escrever Inocência e A retirada da Laguna, este último um diário da guerra. Taunay elaborou também diversas outras obras literárias pertencentes ao gênero dos romances, são elas: Cenas de viagem-1868, A mocidade de Trajano-1872, Lágrimas do coração-1873 dentre outras.

Enquete:




























Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Fotos de Mombaça - Ceará